quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Eu sei que te magoei

Eu sei que eu te magoei, mas eu não fiz por mal, eu só queria dá um final. Agora que você se foi e nunca mais me ligou que eu percebi a falta que você me faz. Eu sei que você não quer mais me escutar, mas eu preciso te falar, que o amor que eu sinto por você jamais irá acabar. Agora que você não me quer mais, que eu vi o amor que foi deixado para trás. Eu só quero lhe mostrar do que eu sou capaz, eu sei que eu te magoei, viver sem você não dá mais, eu só queria voltar atrás e deixar tudo em paz. Se você ao menos me desse outra chance, eu concertaria o que eu fiz, eu sei que palavras ditas não fará você mudar de idéia, então deixe eu te mostrar que eu mudei e que posso concertar um grande erro. Você pode me esnobar, me criticar, me deixar de lado, nunca mais querer saber sobre mim, mas pode ter certeza que meu sentimento por você não vai acabar da noite pro dia.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

o que é o amor?


Amor é quando você fala para um garoto “que linda camisa ele está vestindo” e aí ele a veste todo dia.
-Noelle, 7 anos.

Amor é quando você sai para comer e oferece suas batatinhas fritas, sem esperar que a outra pessoa te ofereça as batatinhas dela.-Chrissy, 6 anos.
Amor é quando alguém te magoa, e você mesmo muito magoado não grita porque sabe que isso fere seus sentimentos.-Samantha, 6 anos.

Amor é quando seu cachorro lambe sua cara, mesmo depois que você deixa ele sozinho o dia inteiro.-Mary Ann, 4 anos.

Amor é quando minha mãe faz café para o meu pai e toma um gole antes para ter certeza que está do gosto dele.-Danny, 6 anos.

Amor foi quando minha avó pegou artrite, e ela não podia se debruçar para pintar as unhas dos dedos do pé. Meu avô desde então, pinta as unhas para ela.-Rebecca, 8 anos.


*--*

domingo, 19 de dezembro de 2010

AVISOO

Oii meus queridos seguidores. Sou obrigada a escrever lamentavelmente esse post. Primeiramente agradeço muiito a cada um que segue meu blog sem segundos interesses, fico honrada de possuir mais de 40 seguidores. Mas ultimamente algumas garotas vêm parando de seguir meu blog pelo fato de eu não seguir de volta. Fico triste com isso. Não fiz esse blog para acumular seguidores ou comentários (claro que fico SUPERFELIZ quando vejo mais um seguidor ou comentário), mas esse meu cantinho é pra escrever o que não consigo falar. A criação de um blog não é um jogo de seguir de volta ou troca de comentários fico triste de algumas pessoas pensarem assim, pra miim é algo mais alem, eu tô expondo os meus sentimentos aqui.  Então amores peço desculpa por não seguir cada blog, mas não quero nada alem de pessoas que entenda o que sinto em cada fase da miinha vida. Espero que entendam
Obrigada
.Alinne Ferreira

sábado, 18 de dezembro de 2010

É meio estranho isso que sinto por vooc.

 Às vezes eu te quero tanto que penso ser capaz de lutar contra TUDO que nos mantém separados. Mas ai tomo um choque de realidade e deixo de acreditar que um dia (quem sabe) agente pode tentar ser feliz sem interferências.
É difícil pra mim te dizer isso sabendo que esta com outra garota, mas tem algo dentro de mim que insiste em acreditar que vooc ainda gosta um pouco de mim.
Quer saber?Eu não ligo se tem 88 km nos separando, ou que existe outra garota em meu lugar. Pra mim isso não tem a menor importância, porque eu sei o que eu sinto. E é isso o que importa.


                                                                                     Alinne Ferreira.
 

                                                                                                                              

-Você gosta dela?

O radio tava ligado, tocando uma musica agradável de se ouvir, ele tava dirigindo sem pressa alguma. Como se o mundo todo fosse dele (ou nosso).
A chuva fazia imperceptíveis barulhos no vidro quando ele resolveu falar.
-Já faz muito tempo neé?
-é –respondi meio acanhada.
-Você tava diferente hoje. Tava mais contente, mais alegre
-huum
-não esperava te encontrar assim.
-é eu também não esperava que voltasse com uma aliança no dedo.
[Silencio]
A velocidade do carro foi diminuindo ate parar completamente
-é aqii neé! – disse ele apontando pra minha casa
-é siim, fico feliz por pelo menos não ter esquecido aonde eu morro –Disse pra ele com um tom de ódio na voz.
Abri a porta do carro deixando aquele vento frio inundar o calor do carro, mas não consegui sair antes de perguntar:
-Você gosta dela? – perguntei com um pouco de medo da resposta que ouviria
-Siim –respondeu ele com um sorriso assustador no rosto. Jaá estava saindo do carro quando ouvii: - mas amo você.


 Alinne Ferreira.


sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Agora que você se foi de vez me sinto como se nao fosse nada , como se o amanha não fosse chegar, como se o tempo passasse bem mais lentamente. Agora que você se foi tudo ta tão diferente, a minha vida parece que perdeu o valor :x nada mais tem a graça e a beleza de antes . Agora que você se foi até a palavra felicidade tem outro sentido,; felicidade é te ter de novo aqui comigo , eu levanto por obrigação e me deito só por estar cansada de tanto chorar de saudade. Agora que voce se foi o meu sorriso já não é mais o mesmo, brilho no olhar nao existe mais, so sinto o meu coração pq ele dói , se é ele mesmo que ta ali ou vc levou ele , não lembro '-' . Agora que vc se foi até a ternura com os outros nao existe mais, e percebi que o sol nao brilha tanto assim , era só a forma que eu o via , nem a noite é tao bonita como antes, vc que me fazia achar ela tao linda , pois quando olhava ela lembrava de voce s2 Agora que voce se foi eu notei o quanto eu te amo , o quanto vc me fazia bem , o quanto fui tola e lerda pra perceber tudo isso , que era voce so eu nao vi :x. a Agora que voce se foi de vez , percebi que esqueci de pedir o meu coração de volta '

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Deixava aquela musica invadir a sala pra preencher o espaço que você deixou, quem sabe você volta... até a música parar. Jay Vaquer

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Meu medoo bobo

Oi, não sei se você ainda se lembra de mim, mas eu precisava te dizer algumas coisas que nunca tive coragem de dizer olhando nos teus olhos. Por isso, prefiro acreditar no poder das cartas que, não olham nos olhos, mas esperam respostas.
Por muito tempo
eu tive medo, medo de não saber conduzir o que eu sentia, medo de estar confundindo as coisas, medo de não ser o que você esperava que eu fosse, caso um dia viéssemos a ter algo. Então, meus medos me fizeram me afastar e por um certo tempo, até pensar que havia te esquecido. Puro engano. Você voltou. O sentimento voltou. E adivinhe?! o medo voltou também. Cheguei a pensar em te encontrar de novo, mas tive medo de não saber reinventar nossas risadas. Medo de que eu já não fosse tão importante assim pra você. E, sobretudo, tive medo de te perder depois de te encontrar, de novo. Então, pra me privar de sofrimentos, fiquei aqui no meu canto e te deixei lá, num canto escondido da minha memória. Mas aí, já não adiantava mais, bastava ver alguém parecido na rua, pra achar que era você. Bastava ouvir alguém dizer o seu nome pras borboletas do meu estômago começarem sua dança. Bastava que eu fechasse os meus olhos pra ver os seus, me dizendo coisas que eu sempre sonhei.
Atualmente,
convivo numa espécie de refúgio anti-você, mas aí qualquer pequena coisa consegue achar uma brecha e enfiar você de novo no meu coração. Penso, então, em parar de lutar. Deixar vir as memórias, reinventar nossos momentos e escrever bobeiras amorosas sobre você. Agora, vivo na esperança de que a vida nos coloque frente a frente novamente, mas aí não sei se me atreveria a ir falar contigo. Não sei nem ao certo, se terei coragem de te enviar essas minhas palavras. Por enquanto, as guardo aqui comigo, pra um dia quem sabe, poder te mostrar, sem esse meu medo bobo de expor meus sentimentos.

Ps: Sinto falta de vooc!

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Só pra te dizer que teamoo

[Ele atendeu o telefone, com certo descaso]
F: Olha, eu não to com muita vontade de falar…
A: Então só me escuta… Pode ser?
F: Tá bom.
A: Não fala nada, até eu terminar…
[Silêncio]
A: Olha - começou - eu não sei se deveria estar fazendo isso, se eu deveria mesmo me expor desse jeito, se eu tinha mesmo que te ligar e te falar isso tudo que eu vou falar agora. Pode ser que mude alguma coisa pra você, ou pra mim, talvez pra nós, pode ser que continue a mesma merda, pode ser que você nem mesmo preste atenção e pode ser que a ligação caia e eu não perceba. Enfim, é tão bizarro quando as pessoas falam pra eu te esquecer, pra te deixar de lado, porque você não merece o que eu sinto, ou o que eu tento fazer por você, mesmo que não seja muita coisa, mas não é fácil. Eu até já pensei em desistir mesmo, em fingir que nada disso nunca existiu que nunca gostei de você, e que você não mudou minha vida nem um pouco. Na verdade, às vezes eu tenho muita vontade de fazer isso, mas é tão sei lá, surreal, sabe? É quase impossível, possível, mas não provável, não te procurar durante o dia, não olhar meu celular o tempo todo pra ver se tem uma mensagem, uma ligação, um sinal de que você me procurou que teve vontade de falar comigo. Eu já disse que não sei por que eu to dizendo tudo isso?
[Silêncio]
[Suspiro]
A: Você me fez mudar tanto -  reiniciou - você mudou tanta coisa na minha vida, as vezes eu paro do nada e penso “cara, eu to gostando mesmo…”, e aí eu lembro que tinha tanto tempo que eu não sentia isso, não me sentia bem como eu me sinto, tinha tempo que alguém não me fazia tão bem quanto você me fez, mesmo que você ligue só pra me xingar, porque eu sei que no fundo isso tudo é amor.
[Breve pausa]
A: Eu sei que eu já disse várias vezes que não acreditava no que você me falava, e pra ser bem sincera, diversas vezes eu não acreditei mesmo, e as vezes ainda acredito desacreditando. Eu tenho medo sabe, de gostar demais, e depois ver que aquele “demais”, não valia tanto a pena, e às vezes eu acho que você tem medo também. Sei lá. Você é tão diferente de mim, e às vezes é tão igual. Às vezes você fala o que tá sentindo, e de repente se fecha, e eu fico confusa, eu não consigo entender, não consigo te entender. Mas de repente não importa se eu te entendo ou não, o que importa é que você tá lá, pra mim. Talvez não só pra mim, mas você tá lá. Eu não sei de muitas coisas do seu passado, e não faço questão de saber. Eu só queria saber se ainda tem espaço pra mim no teu presente e no teu futuro.[Suspiro]
A: Olha, se quiser desligar agora, eu vou entender, até porque você não quer conversar. Enfim… Acabei.
[A campainha toca]
A:Vou desligar, tem alguém aqui. Beijos.
[Ela desliga o telefone e abre a porta]
F: Eu precisava vir aqui, só pra te falar que eu te amo - diz o garoto com o telefone em mãos.
~Sonhoo
(Laura Friedl)

domingo, 12 de dezembro de 2010

~­
que tinha...Quantos você desistiu de sonhar
?

Todo mundo

é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.

.William Shakespeare

Tenho tanta vontade de gritar com ele,

gritar bem alto: Ei, volta aqui, você pode ir embora se quiser, mas devolve minha alegria, cara, devolve minha segurança e vontade de viver, devolve tudo o que eu sentia quando você ainda estava aqui e me deixa longe desse vácuo aonde eu estou, (…) Já é difícil tentar preencher a sua ausência, quanto mais a ausência de tudo o que me confortava, entende? Então volta aqui e traz de volta tudo o que é meu porque tá difícil, cara, tá difícil pra caralho e eu não sei o que fazer mais do que nunca.

Mas ele não volta, ele nem sequer olha pra trás. D:

Querido Papai Noel,

escrevo minha carta esse ano para lhe pedir algo que tem tirado meu sono. É um cariinha ai sabe, agente se conheceu a mais ou menos 1 ano e 1 meses, mas eu terminei com ele por motivos toscos. Quero lhe informar que eu tenho sido uma boa garota esse ano todoo.
Queria muiito ele de Natal e acho que eu mereço pois prometo cuidar bem dele e não faze-lo mais sofrer.
Espero poder vê-lo este natal.

sábado, 11 de dezembro de 2010

The Damage

Às vezes é difícil
Acreditar em você quando você diz "eu te amo"
Nós tentamos parar
Eu estava indo embora quando eu disse "eu te amo"
Pegue o que você
Precisa
Pegue os seus sonhos, plante uma semente
E mantenha com você
The Damage(Beeshop)

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Tem beijo que parece mordida, tem mordida que parece carinho, tem carinho que parece briga, tem briga que aparece pra trazer sorriso, tem sorriso que parece choro, tem choro que é pura alegria, tem dia que parece noite, e a tristeza parece poesia.Descobrir o verdadeiro sentido das coisas é querer saber demais.
O Teatro Mágico

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Quero que vooc acredite na sinceridade das minhas palavras

Meu ar escapa, minhas mãos tremem, meus dedos ficam inquietos e minha boca está cansada de tanto chamar teu nome. Sinto saudade, meu coração palpita forte. Meu desejo é ter você logo comigo pra te fazer sorrir e me sentir satisfeita ao ver teus olhos brilharem. Fazendo dos meus minutos, os mais felizes possíveis, só por ter sua presença. Quero conseguir te contar exatamente o poder que você tem sobre mim. Quero te mostrar ao máximo o meu sentimento, o meu desejo… Quero que você acredite na sinceridade das minhas palavras. É paixão, é amor, é saudade, ciumes, paz, segurança... tanta coisa que você me proporciona. Quando está comigo, meus sentimentos parecem se multiplicar, e sei que você nota isso em meu olhar. Eu quero novamente o seu corpo no meu, quero me perder em seus beijos e me encontrar nos seus abraços. Eu quero agora o seu amor, o seu cheiro, o seu olhar.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Quem Sabe existe um FINAL FELIZ

Existem momentos em que me sinto bem com voce (: sei que mesmo longe esta perto , mesmo com ela , é meu. Posso me iludir todos os dias da minha vida em que falo contigo no telefone e me diz ''eu te amo'' , posso achar que só quer de mim um amor de amigo , mais sei que eu quero de voce um amor para sempre , mesmo que o para sempre tenha seu fim , então vou preferir viver meus momentos do agora e reviver o ontem e os ontem's .Uma vez uma pessoa , me disse que eu parecia ser uma pessoa incrível , não uma amiga imaginaria mais sim uma NAMORADA imaginaria, e tipo , o cara que me falo isso tava mais que certo . Andei pensando e descobri que pra voce , eu sou imaginaria , agente se ve , abraça e mesmo no calor dos nossos beijos não passo de imaginação. è uma pena porque eu te amo. Uma poema dizia assim...''Eu jamais saberei dizer: "Era uma vez...”
Eu jamais saberei admitir,
Que um doce novembro se congele e que seus olhos não encontraram os meus.''

E ele diz o certo , eu
nunca saberei começar uma historia ''era uma vez'' sem que seus olhos encontre aos meus e nós refaçamos agora certo a nossa história e esperar por um final feliz , quem sabe um para sempre.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Se sua melhor amiga resolvesse pular de um penhasco vooc pularia atrás dela?
-não
-pqe?
-pqe eu estaria La em baixo pra segurara-la

Só um sorriso e todo meu oxigenio desapareceu

Ela: A questão é que você nunca me nota. A questão é que você sempre dá um jeito de não olhar para mim, de não ficar do meu lado, de não me tocar e…
Ele: É por que eu amo você! E esse beijo foi a coisa mais incrivel da minha vida. Sabe essa foi a segunda vez em que algo me deixou sem ar!
Ela: E qual foi a primeira?
Ele: Quando eu vi você do outro lado da rua, com um all star verde, os cabelos indo para o seu rosto sob o controle do vento, você usava uma blusa onde tinha escrito: I Love Beatles e você sorriu, só sorriu e todo o oxigênio ao meu redor desapareceu.

Ount

sábado, 4 de dezembro de 2010

Quando, com um passo, tu ficas dois passos mais distante, é porque ela também está indo embora.
É aí que tu começas a pensar nesses laços invisíveis que nos amarram uns aos outros. Que tamanho eles podem ter? Podem continuar apertados mesmo quando suas pontas já não mais ocupam o mesmo lugar? Sentes um fisgão nos pulsos quando abraças outro alguém?
Livra-te dos laços. Não falo de cortar. Podes desamarrá-los com o mesmo carinho que tiveste quando os tornaste apertados como braçadeiras. Lembra-te de que laços não são algemas.
Agora divide essa corda e presenteia quem tu quiseres com esses pedaços. Eles são pequenos o suficiente para não virarem nós? Perfeito.
Creditos: Lucas Silveira

Broken Heart

A: Meu professor falaou que o coração é o músculo mais forte do corpo?
L: Sim, eu sei. Eu só não entendo uma coisa…
A: O que?
L: Se ele é tão forte assim, por que raios é tão fácil quebrá-lo?
[Silencio]

k2

Oi lindas pessoas hoje eu queria muiito dividir esse texto com vooc’s. Minha irmã nãum achou muiito bonito, mas eu chorei :’( quando terminei de ler espero que gostem e dê a suas opiniões. 

-Durante a era glacial muitos animais morriam por causa do frio. Os porcos-espinhos, percebendo esta situação, resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam e se protegiam mutuamente. Mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos, justamente os que forneciam calor. E, por isso, tornavam a se afastar uns dos outros. Voltaram a morrer congelados e precisavam fazer uma escolha: Desapareceriam da face da Terra ou aceitavam os espinhos do semelhante. Com sabedoria, decidiram voltar e ficar juntos. Aprenderam assim a conviver com as pequenas feridas que uma relação muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aceita os defeitos do outro e consegue perdão pelos próprios defeitos.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Tá demorando

Meu príncipe  deve estar vindo a pé, dos Estados Unidos, pegou carona com uma tartaruga e ainda tá no engarrafamento, só pode ser cara --'

Se eu demorar? Me espera.

Se eu demorar? Me espera. Se eu te enrolar? Me empurra. Se eu te entregar? Aceita. Se eu recusar? Me surra. Se eu sussurrar? Escuta. Se eu balançar? Segura. Se eu gaguejar? Me entende. Se eu duvidar? Me jura. Se eu for só teu? Me tenha. Se eu num for? Me larga. Se eu te enganar? Descobre.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Apenas Saudade

Saudade de te ver chegar, saudade de te ter em mãos.
É isso, só isso o que sinto, Saudade, apenas um desejo (in)controlável de voltar ao passado e reviver tudo.
Saudade de amigos que eram irmão. Saudade das minhas gargalhadas espontâneas substituídas por sorrisos falsos. Saudade da minha inocência infantil, do calor do abraço confortante da minha mãe, Saudade de sentir medo só em pensar em perder alguém. Saudade de chorar nos braços de uma amiga. Saudade de ouvir uma musica que me lembra alguém. Saudade de abraçar uma pessoa só por ter vontade e não porque ela quer. Acho que é isso o que sinto nesse momento, apenas saudade.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Ele: O que você tem ?
Ela: Ah... ( Eu estou me apaixonando, por você! Você não consegue ver ? Eu não aguento mais ouvir você falar de outras garotas muito menos saber que você deve me considerar como uma amiga. Eu não consigo parar de pensar em você um minuto. Eu fico acordada horas pensando no que te dizer mas nunca sai nada, ou quando começa a sair eu mudo de assunto! Estou me sentindo uma idiota, estou triste por te amar e feliz por você estar por perto. Eu te amo, é isso que eu tenho.) dor de cabeça.

Como?

Como pode? Duas pessoas tão diferentes se amarem a ponto de não conseguirem desviar os pensamentos um do outro? Certo dia me perguntaram: Pq você se apaixonou? Eu repondi: Não sei… E talvez continue não sabendo. Eu simplesmente amo, acordo e vou dormir com ele nos meus pensamentos. E como podemos deixar que nossas diferenças nos afetem? Por que diante do amor, nós (humanos) somos às vezes tão racionais? Por que deixamos que o jardim tenha ervas daninhas? Respostas que eu não tenho.
 
(Caio Fernando Abreu)
Para de agir como se suas mentiras aliviassem minha dor!
.
.
.
.
.
Chegaa

Há algo faltando em vooc

Dava pra te ver de longe, eu conheço esses teus olhos a quilômetros, mas há algo de errado em vooc, não parece o mesmo. Sei que já faz tempo que agente não se fala, mas notei que vooc mudou. Provavelmente vooc não deve se lembrar de muiitas coisas daquele tempo que agente era namorados, mas eu ainda guardo nossos sorrisos, momentos e conversas.
Existe algo (muito distante do que conheço) em seu olhar, alguma coisa triste, tenho a impressão de que há algo faltando em vooc, Talvez seja o pedaço seu que levo comigo e que insiste em continuar aqui.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Aquela maquina!

Se tivesse uma máquina do tempo, talvez voltasse no exato momento que me apaixonei por você, iria para outro lugar, encontraria outra pessoa, faria de tudo para evitar o encontro do meu expressivo olhar ao brilho do seu, que na hora entregou a magia do amor que havia despertado em mim. Se tivesse uma máquina do tempo, apagaria momentos, que não me permitem a liberdade, enxugaria todas as lágrimas envão derramadas, e me reconstituiria da melhor forma possível, para enfim encontrar o verdadeiro sentido do amor que nunca conheci.

domingo, 28 de novembro de 2010

Existem amores que duram pra sempre

O médico então lhe perguntou:
- Por que a pressa?
e ele respondeu:
- Todos os dias neste horário vou visitar minha esposa que está em um asilo. E o médico comentou:
 - Que bacana! Então vocês matam as saudades, batem papo, namoram um pouquinho!
 E o velhinho diz:
 - Não! Ela não me reconhece mais, por causa de sua doença.
O médico surpreso então pergunta:
- Mas por que então tanta pressa para vê-la, já que não o reconhece mais? E com um sorriso no rosto, o velhinho responde:
- Mas eu a reconheço! Eu sei quem ela é e o que representa na minha vida a tantos anos. Por isso todos os dias eu a reconquisto, como se cada conquista fosse única e verdadeira. Este é o verdadeiro amor!

Se eu soubesse qυe erα α υltimα vez,

não teriα dito nαdα do qυe disse, não teriα feito nαdα αlém de αbrαçαr-te e αρroveitαr cαdα segυndo sem tirαr os olhos de voce . Se tivessem me αvisαdo qυe erα α últimα vez, eυ ρoderiα imρlorαr ρrα qυe você ficαsse mαis υm ρoυco, só ρrα te exρlicαr qυe mαis υm ρoυco seriα mυito ρoυco, e qυe ρor menos qυe fosse, já seriα mυito ρrα mim. se eυ soυbesse, αh, se eυ soυbesse! te fαlαriα mil coisαs, sem dizer υmα ραlαvrα, te mostrαriα mil diαs de αgoniα, em υm olhαr, e qυαndo você estivesse sαindo, eυ te chαmαriα de voltα, só ρrα dizer mαis υmα vez o "eυ te αmo" qυe ningυém mαis vαi oυvir, e te dαr υm último αbrαço, com o αmor qυe ningυém mαis vαi te entregαr. Porisso volta pra eu poder te dar nosso ultimo abraço

A chuva estava forte a noite escura, mas ela precisava ir. Saio correndo o mais rápido que pode, seu vestido voava como pássaro na primavera, mas algo a fez para, o som de seu nome sendo pronunciado alto para o mundo ouvir. Ela se virou rapidamente e o viu correndo em sua direção. Naquele momento ela podia ouvir as batidas do seu coração aumentando, a água correndo em seu rosto, mas ela não via nada alem dos olhos dele coberto por algumas gotinhas de água da chuva. E ele a abraçou desesperadamente como se soubesse que era isso que ela precisava, borboletas voavam no seu estomago, mas ela gostava daquilo. Os braços deles foram a soltando lentamente e ele olhou nos olhos dela e disse: - Desculpa, mas preciso disso. E ele a beijou como se o mundo fosse dos dois. A chuva ainda caia forte e tempestuosa, mas eles continuaram se beijando como se ainda fosse primavera e as tempestades de verão ainda não houvesse chegada.

A gnt não achei imagem de beijo na chuva D':

(Inspirado em meu sonho da noite de 28.11.2010)

sábado, 27 de novembro de 2010

F.: -Porque não fica mais um pouco?
A.: -Porque se eu ficar mais um minuto aqii com vooc não vou conseguir ir embora.

Porque gostei muito que você tivesse vindo, deu vontade de ficar mais tempo junto, deu vontade de levar essa história até o fim.

Caio Fernando Abreu
Só queria alguém especial, que diga eu te amo, que morda minha boca e faça coseguinhas só para me ver sorrir, que me faça vontade de comer brigadeiro e que nos dias de chuva assista um filme e coma pipoca até ficar com dor de barriga e com a língua amortecida, que dance comigo, saia comigo, que se divirta comigo, que mate aula só pra me ver, que fique até de tarde comigo no MSN, e que pense em mim antes de dormir, alguem que saiba o que é o amor.